quarta-feira, 27 de julho de 2016

Colecionando pequenas transformações!



Plants:
pinterest
{Sinto que coleciono pequenas transformações, toda vez em que visito meu blog}


Andei sumida por esse mundinho.
mas cá meu coração estava aqui dentro.
Este blog me fez crescer,
 abriu leque nos meus conceitos, pensamentos.
e também fincou, refinou meus gostos, minhas vontades.
Sinto que passei esse tempo, caminhando.
não fiquei parada esperando flores cair do céu.
Sinto que me mexi como podia, nas circunstancias em que estava.
em que estou, vamos indo.
Doando as coisas que não faz mais sentido.
mudando uma parede, dando cores, brilhos.
dando vida, expondo historias, lembranças, vivências e saudades.
A casa esta ficando mais espaçosa, os cômodos estão sendo circuláveis.
decidimos assim.
Há bons ventos, há gratidão. 
gratidão, em ver a vida pelos os dois olhos.
vemos os dois lados da moeda.
gratidão, pelos dias em que fazemos planos, em que ousamos realizar; Gratidão pelo que dá errado, pelo que é incerto. 
Eu sei Deus, um pouco de perfume sempre fica nas mãos de quem oferece flores.


beijos!

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Bem Vindo 2016!



Ano Novo iniciou aqui com uma energia fantástica.
Perto da natureza, com sol e chuva.
Com a chegada de surpresa dos amigos.
E o almoço passou a ser mais divertido.
Energia contagiante, aproveitamos cada segundo naquele lugar.
Vamos voltar, bem mais devagar.
Desejo Feliz 2016 que esse ano, a mudança seja em você mesma.
em vez de lamentar do destino, pergunte sobre algo que te transcende, que te traz equilíbrio.
Vou aqui renovando meus dias de acordo com sol de cada dia.
Mil beijos!!!




sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Nossos dias, nossas vidas!

Achava que depois dos 25 tudo ia se acalmar, a vida é feita de ventanias.
Sacode, cai e a gente se levanta.
Bons e maus momentos.
Ai é que tá, provamos sempre a nós mesmos, que somos capazes de se superar a todo, instantes.
Seja aqui e acolá.
em casa, na vida.
E o tempo se tornou escasso para mim...
Criei devagarinho uma rotina alimentar mais saudável do que costumávamos ter.
Caminhadas diárias, refeições sendo feitas juntos.
e os resultados aparecendo já antes do previsto.
Tentamos juntos, sempre juntos.
E entrou em casa novas receitas, novos aromas e novas misturas de cores.
O presente disso tudo, que nós vamos levar para vida toda,espero.
Ver os amanheceres e os pôres do sol, no lugar mais lindo da vida.
Nosso caminho diário, ao sons dos pássaros, a cada caminhada surgem novas ideias, surgem novos momentos.
Leveza do corpo e da alma, sentimos já o reflexo das mudanças.
As crianças participam aos finais de semana.
Ben aceitou apenas uma mudança na alimentação,para quem nos conhece sabe o quanto ele rejeita.
mais para nós uma vitória, aceitar um arroz de cenoura.
E Ana como sempre me surpreende,a força de vontade e ser boa de comer.
Aceita tudo.
Aqui vamos nós vencendo na vida.
Vencendo os dias difíceis.
Pelo insta, vamos contando em fotos nossa jornada.
Jornada em busca de sempre acreditar em horizontes, acreditar que no percurso é que está a alegria.
E os estudos prosseguem, me realizo fantasticamente.
E mais uma vez me superando.
Obrigada a Deus e à vocês.
Mais uma etapa sendo vencida. 
Sendo vitoriosa.



Dá para acreditar que vemos esse espetáculo todos os dias?!
Nossa caminhada diária.

Mil beijos!


sábado, 19 de setembro de 2015

Escrever ajuda a entender o que acontece no caminho!


anchor foot tattoo. faith hope love! love it!:
Pinterest


Voltando a escrever, contar meu caminhar, meu trilhar.
entender os acontecimentos que surgem no caminho.
E contar por onde andei...
Entender o quão infinitas coisas boas aparecem de surpresas para nós.
O quanto, as sementes que carregamos cá dentro, estão começando aflorar de uma por uma.
A felicidade grita aqui no meu peito, por termos encontrado um outro ninho para vivermos nos próximos meses, sim, contrato feito para doze meses e talvez quem sabe a gente chegue a adquirir este ninho. 
Planos e promessas nas mãos de Deus.
Meus meninos estão cada dia mais lindos e inteligentes.
Ana cada dia que passa mostra a sua personalidade, seu jeito de ser, responsabilidade com as atividades escolares, "andando com seu próprio pés".
Ben cada dia aflora seus interesses por livros, por conversas ao pé do ouvido e piadas constantes.
Chora de rir.
E aqui vou seguindo meus dias, seguindo conforme a dança, em ritmo acelerado, mas muito feliz.
Somos o reflexo de tudo que vivemos, busquei estar próxima a natureza, ver o verde junto de nós.
Me senti prisioneira quando estava numa casa próxima ao centro da cidade.
Os dias lá estavam contados dentro do meu coração.
Não tinha vontade de retirar as coisas nas caixas.
Deixei ali por dois meses embalado, meus sonhos, meus feitos.
E aqui no novo lugar, reascendeu a luz do peito.
Uma instantânea coragem surgiu, as paredes ganharam vidas, cores.
Ganharam luzes, deixo cada dia meus gostos, meus barros e minhas madeiras.
Minhas cordas de sisal, meus temperos. 
Meus livros de culinária, minhas colheres de pau.
Planejo muito feitio, muita astucias na cozinha.
Planejo conversas de amigos e comidas.
Planejo sabores, aromas e amor!
Muito Amor!

Pés ancorados e firmes no chão!

Beijos!





terça-feira, 28 de julho de 2015

Novo ninho!

~
pinterest


A mudança trouxe desordem e caos, também a suavidade dos dias.
Trouxe tempestade e a calmaria.
Trouxe a fragilidade, também a força que não imaginávamos que teríamos.
trouxe dispersão e ao mesmo tempo acolhimento.
trouxe lágrimas de tristeza e logo em seguida veio novos sonhos.
Aprendemos a deixar a parte material de lado, a nos unir em forma de família, nos unimos muito, vemos por outros ângulos as nossas atitudes, nosso jeito de levar a vida, nossa melhor forma de encarar novos lares, novas rotinas, e nos acostumamos com novos trajetos, sem nós perdêssemos as nossas essências, nossos gostos. Veio junto de nós nossos aromas, nossos temperos, nosso jeito de caminhar. Veio junto de nós a nossa decoração, a singeleza do simples que tanto me encanta.
Veio uma vontade maior de incender nosso novo lugar.
De pôr nuvens, passarinhos, sementes...
de pôr pequenas luzes.
Nos aconchegar entre nosso ninho, de ternura e aqueles abraços.
É possível ser feliz em qualquer lugar.
É maravilhoso ver o que se gosta sendo espalhado por todo nosso espaço.
Incrível dizer que nos adaptamos com uma facilidade imensa, da mesma maneira que a vontade de espalhar tantas coisinhas fofas por todo lugar.
Estamos aqui nos divertindo muito. 
Ganhou um apelido: ninho novo, 
todos os dias colocamos novos galhinhos, 
buscamos aconchegar quem aqui acolhe-se. 


Beijos.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Um dia de sol!


Beach Park

Estrategicamente marcamos consultas na capital, e ganhamos algumas horinhas na praia.
Tipo um boicote na nossa rotina, boicote que adoramos.
Mas tudo muito rápido e intenso.
Assim a gente respira e alivia uns bocados.
E à nossa volta,
Estamos em paz, meus filhos estão crescendo na velocidade da luz, tudo a minha volta está acontecendo. 
O que eu pedi a Deus está irradiando em forma de amor. E quanto amor se multiplicando. 
E vamos serenando nossos dias, vamos vivendo a brandura da palavra, respirando a paciência dos nossos dias. 
E que venham as férias, que venham mais novidades, que poderei dá em Julho.  
Estamos na reta final do semestre e quantas coisas boas acontecendo.
Digo aqui em casa que estou vivendo muito mais do que antes. 
Estou conjugando o verbo viver, respirando essas dádivas que estão surgindo.
Obrigada Senhor por tudo, mais uma vez.
E obrigada a vocês que se preocupam conosco.
Obrigada por cada palavrinhas diárias, por cada atenção e cada ato de amor.
 Por cada sorriso, por cada bom dia que recebo e dou diariamente.
Obrigada por tudo, gente.


quinta-feira, 21 de maio de 2015

As paredes dizem muito sobre você...!



Cada dia esta ficando na minha parede, os meus gostos, as minhas cores preferidas.
Frases que eu adoro, e levo como lema de vida.
A paciência e o amor.
As viagens que fizemos, nossas melhores fotos, sim vão estar todas ali.
No dia a dia construindo, somando.
As paredes dizem muito sobre você. Sobre nós.
Quem você é de verdade. Quem nós somos.
As paredes que falam. Falam por si.
Vão ganhar objetos de lembranças, novos sabores e até quem sabe novas cores.
Paixão por âncora, por cafés e pelo amor de todas as formas.
Paixão por decorar devagarinho sem pressas, como disse.
Todos os dias ali, vão ser as somas dos nossos dias.
Está no cantinho mais gostosinho da nossa casa, 
Num espacinho em que paro para contemplar ao tomar meu café, 
para refrescar no final da tarde.
E ver as crianças pintando e brincando.
Amo meu lugar!
Amo minha parede!
Amo, amo e amo!

Mil beijos!

domingo, 10 de maio de 2015

Família de mães!

Ser mãe na minha família, os filhos tem a liberdade, a felicidade de viver entre bisavós, avós, mãe e tia-mães.
Temos a sorte de viver entre elas, é como um bilhete premiado, sabedoria brotando ali pertinho como uma folha de quatro trevo. Somos nós.
Dia a dia incansável, cheios e intensos.
Somos ousadas, intrigantes e instigantes.
Ora um dia cumprindo nossas obrigações e outro dia estamos de mala e cuia curtindo mais uma viagem. Sempre em Família.
Nessa ciranda da vida, eu vou vivendo na companhia delas e agradecendo pelas raízes fortemente fincadas e pelos laços construídos.
Hoje é mais para agradecer esta vida que levo, uma sorte de memórias e aprendizados.
Ganhado pela convivências com elas. Mães.
Temos essa natureza umbilical, essa árvore genealógica que só cresce. Lapida-se.
Somos fortemente ligadas umas as outras.
Das mãos enrugadas delas, as palavras de sabedorias, dos pequenos jeito de "levar" esse dever de ser mãe.
Nós vamos seguindo o curso da vida.
 Vamos herdando os gostos, pelas lembranças vividas, pelas fotografias deixadas nos baús da família.
Vamos herdando uma toalha de mesa, uma colcha de cama e alguns panos de pratos.
Um bordado aqui e ali, vai ficando uma marca delas.
Uma erva, uma mudinha de plantas vão sendo semeados nas terras.
As receitas preferidas passando de mãos em mãos.
Cada dia que passa, mesmo nos dias corriqueiros, sempre nós vamos visitar nossos ninhos, 
descansar uns bocados e derramar gratidão por elas, que boa parte de mim é feita dessas pessoas.
Sou feita, pelos corações acolhidos, delas.
Sinto-me "mais" viva, quando estou juntas as essas pluralidades de sabedorias.
Nesse ninho, há amor, ternura e coragem.

Para Nós: Feliz dia das Mães.


Beijos!